Idioma

  • Português
  • Español
  • English

X Conferência Latino Americana de Software Livre

de 16 a 18 de outubro de 2013 - Foz do Iguaçu | PR | Brasil

Foz do Iguaçu

Em: maio 8, 2012 as 16:33 por

A Latinoware 2012 será realizada em Foz do Iguaçu (PR), Brasil, nas dependências do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), situado dentro da área da Usina Hidrelétrica Itaipu Binacional.

Foz do Iguaçu é um município brasileiro do estado do Paraná, do qual é o sétimo mais populoso, com 255.900 habitantes, conforme estimativa do IBGE.  A distância rodoviária até a capital do estado é de de 643 quilômetros. Sua área é de 617,701 km², dos quais 61,200 km² estão em perímetro urbano.

É o segundo destino de turistas estrangeiros no país e o primeiro da região sul.

Panorama do lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu. Ao fundo é possível ver a passarela do lado argentino.

Conhecida internacionalmente pelas Cataratas do Iguaçu, uma das vencedoras do concurso que escolheu as 7 Maravilhas da Natureza e pela Usina Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo em tamanho e primeira em geração de energia, que em 1996 foi considerada uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

A sede tem uma temperatura média anual de 20,4°C, a vegetação do município é de Mata Atlântica e cerrado. Com uma taxa de urbanização da ordem de 99,00%, O município contava em 2009 com 55 estabelecimentos de saúde. O seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,788, considerando-se assim como médio em relação ao estado do Paraná

O Espaço das Américas, localizado junto ao Marco das Três Fronteiras: do lado esquerdo, a fronteira com a Argentina (delimitada pelo Rio Iguaçu) e do direito, com o Paraguai (delimitada pelo Rio Paraná)

Integra uma área urbana com mais de 700 mil habitantes, constituída também por Ciudad del Este, no Paraguai e Puerto Iguazú, na Argentina, países com os quais a cidade faz fronteira. Iguaçu é topônimo indígena, podendo ser decomposto, na forma, originalmente, em ig (água) e açu (grande), onde, por acréscimo de uma vogal, a atual denominação.  Seus moradores são designados usualmente pelo gentílico iguaçuenses.

O PTI – Fundação Parque Tecnológico Itaipu. 

Lar do Latinoware e uma das principais iniciativas para o desenvolvimento na Região Trinacional do Iguassu, que engloba Argentina, Brasil e Paraguai.

O parque implantando pela Itaipu Binacional e é um espaço criado para o conhecimento, mas onde também circula a inovação, o livre pensar e as ações pioneiras nas áreas econômica, social, tecnológica e de produção científica. É também um parque único no Brasil por agregar no mesmo espaço uma incubadora empresarial, laboratórios de última geração, plataforma de ensino a distância e projetos educacionais em todos os níveis, inclusive abrigando um Centro de Engenharias e Ciências Exatas da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

Ocupa uma área privilegiada na Costa Oeste, onde o verde das matas se mistura ao brilho das águas do Lago e à majestade dos vertedouros da Usina Hidrelétrica de Itaipu, a maior em geração de energia em todo o planeta. O PTI está instalado logo ao lado da usina, nas duas margens, aproveitando as antigas instalações dos alojamentos dos operários que ergueram a usina a partir da década de 1970. Essa proximidade lhe confere a possibilidade de encontro com o que há de mais moderno na tecnologia atual, o acompanhamento e os exemplos de um dos maiores empreendimentos da América do Sul.

Usina Hidrelétrica de Itaipu

A Usina Hidrelétrica de Itaipu é a maior usina hidrelétrica em funcionamento no mundo. A Usina de Itaipu é gerenciada pela empresa Itaipu Binacional, pois foi uma usina construída em conjunto pelo Brasil e Paraguai. Itaipu está localizada no Rio Paraná, entre Cidade del Este, no Paraguai e Foz do Iguaçu, no Brasil. A barragem principal de Itaipu tem 196 metros de altura e 7.235 metros de comprimento. A potência instalada da usina é de 14 mil megawatts, com 20 geradores de 700 MW. Itaipu chega a gerar quase 100 bilhões de quilowatts-hora por ano.

A construção da Usina Hidrelétrica de Itaipu, que teve início em 1975, envolveu grandes negociações diplomáticas entre Brasil e Paraguai, pois a obra estava localizada numa área de litígio entre os dois países. Foi uma das maiores obras de engenharia da época, e envolveu o trabalho direto de 40 mil pessoas e consumiu mais de 12 milhões de metros cúbicos de concreto, o equivalente a 210 estádios do Maracanã. O reservatório de Itaipu possui 1.350 quilômetros quadrados. A Hidrelétrica Itaipu, que começou a funcionar em 5 de maio de 1984, produz uma média de 90 milhões de megawatts-hora por ano.

A quantidade de concreto (em Portugal: betão) utilizada na construção da usina hidrelétrica de Itaipu daria para construir 210 estádios de futebol do tamanho do Maracanã.

A Usina de Itaipu faz parte da lista das sete maravilhas do mundo moderno, elaborada em 1995 pela revista Popular Mechanics, dos Estados Unidos. Esta lista foi feita com base numa pesquisa realizada pela Associação Norte-Americana de Engenheiros Civis (Asce) entre engenheiros dos mais diversos países.

 

Posted in: |

Apoio